Páginas

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

.Meu álbum de datas comemorativas, feito à mão.

"Saudade é melhor que caminhar vazio."
[Peninha]
.
.
.
Não sabia, ou não lembrava, que hoje é o "Dia da Saudade". Daí a primeira saudade que me eveio em mente foram meus álbuns de datas comemorativas da escola. Sim, eles nunca me deixavam esquecer dias assim, como esse, dedicado àquela que pode te engolir, te fazer sorrir, chorar, abusar e por aí vai.

Comigo a saudade é sempre mansa. Mesmo quando me engole, rs. É uma sensação grandiosa de querer, novamente, o que tive um dia. Não é ruim, às vezes, é só estranho. Hoje a minha maior saudade, de certeza, é do tempo em que podia encontrar e falar com meu pai. Ele estava ali, era legal ligar pra ele à noite pra jogar conversa fora ou pedir algum dinheiro, por que estava precisando. Essa saudade me engole. E, no começo, achei que me mataria. Não matou. Não mata. É nobre.

O compositor Peninha escreveu uma das frases que mais gosto, "saudade é melhor que caminhar vazio". Se você sente saudade de você mesmo em alguma época, de alguém que foi embora pra outra cidade, país ou planeta, de seus filhos crianças, de amores que deram ou não certo, acredite, isso é um bem precioso. Você não caminhou solitário, sem laços afetivos, é valioso. No meu álbum de datas comemorativas de hoje, já adulta, reservo esse dia 30, com alegria, para todas as saudades que tive, tenho e terei.

Reserve um momento do seu dia para recordar alguma saudade! Escute uma música, abra aquela caixa onde estão cartas antigas escritas à mão, veja álbuns de família, leia o primeiro e-mail que você enviou ou o primeiro post do seu blog, vale muito revisitar alguma agenda antiga também. Há muitas formas de sentir saudade de algo... E, saudade mesmo a gente só sente do que foi bom. "Recordar é viver"! Reviva algum pôr-do sol, ou um dia de chuva, uma festa, um amor, a formatura, um abraço, tanto faz. O melhor vai ser perceber que todas as saudades valem muito a pena e, na grande maioria delas, faríamos tudo de novo!!! "Non... je ne regrette rien"...


Beijo grande!
Li Lima.
[img: Google]


4 comentários:

@Francisquices disse...

Saudades, lembrar dos momentos bons, dos amigos, da infância e das brincadeiras gostosas.

As vezes o que deixa satisfeito é ver na saudade o que fui no passado e no que estou sendo no presente.

:)

A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

Olá!

E com imenso prazer que visito seu blog.Sou uma pessoa que ama ler tudo que há de bom.Fico feliz quando encontro pessoas como você.
Grande abraço
se cuida

Ana Valeska Maia disse...

Aline,
Lendo teu texto me deu uma saudade de ti.
Cheiro grande.

Pintando a Vida! disse...

»« Aline; desculpe a invasão. Estou passando p agradecer pela oportunidade ou casualidade sei lá !! De ter lido seu texto sobre "Saudade" ... Foi um caso curioso e estou contando em meu blog. "Pintando a Vida". Obrigada! Gostei muito e vou te sguir ... Acho que nada acontece por acaso ! Até !! Felicidades .»«