Páginas

domingo, 22 de agosto de 2010

.Trabalho interno.


[imagem: deviantart]

"Viver é, constantemente, construir, não derrubar.
" [Caio F.]
.
.
.

Passei da fase do "derrubar à chutes" o que quer que seja. Tudo, tudo, tudo precisa é ser construído, pensado, pesado. Não adianta querer derrubar as coisas, implodí-las... Elas podem ser reconstruídas e, à medida dessa (re)construção, encontrarmos um lugar tranquilo, em nós, para as coisas que não nos servem mais , pelo simples fato de nossas necessidades serem outras. O tempo exige que construamos a nós mesmos, encontrando "lugar" para tudo o que somos, todos os papéis que desempenhamos (que são muitos) . Um constante construir.

Fico impressionada com ferocidade daqueles que ainda não perceberam que o bom da vida é o construir: Essa opção que dá muito mais trabalho, mas que compensa bastante quando "finalizamos " a obra.

Um comentário:

Denise disse...

Construir é maravilhoso! Mas há horas em que transformar é o ideal... e como é difícil transformar algo que está prestes a desmoronar em algo completamente novo, sem ter que destruir ou projetar a edificação para outro lugar.

Que você seja feliz em todas as suas construções ;)

Beijinhos