Páginas

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

.Senti saudade e sentei para escrever.


[imagem: deviantart]

"Você não vai encontrar nenhum caminho fora de você. E você sabe disso. O caminho é in e não off."
[Caio Fernando Abreu]
.
.
.
Uns dias em que os sentimentos não podem ser ditos. Não podem porque ela não consegue. Anda por aí, à sombra de si, atenta a esses mesmos sentimentos que lhe tragaram as palavras.

Nós Universos: com galáxias, planetas, supernovas, buracos negros e o breu silente que presencia tudo desde o sempre. Precensiou à todos, guardando consigo as respostas para todas as dúvidas, as alegrias infinitas, o amor mais limpo e todas as coisas essenciais para a cura do Planeta. Para a cura dos nossos corações ávidos por respostas. As nossas respostas-bússolas que direcionam o caminhar.

"Eu quero a doçura do verbo viver".

Quero porque não sei viver uma vida sem brilho nos olhos, sem as levezas diárias, sem os abraços, os amigos, os amores, as cores. Nessa doçura não há caminho a seguir sozinha. Compartilhar é sempre melhor. Nessa doçura cabem todos os "SIM" para o bem.

Feliz ano 3!
Com muito amor.

3 comentários:

anazézim disse...

tudo para sentir saudade!?

Abelha Charlatona disse...

"Eu quero a doçura do verbo viver".

que frase linda!

desculpa a invasão, optimo blog

beijinho da abelha*

Aline Lima disse...

Anazézim: tudo pra sentir.

Abelha: pode invadir. compartilhar as sensações é sempre uma ciranda de alegrias.

Até.