Páginas

sábado, 18 de abril de 2009

."As estrelas, elas sempre me fazem rir".



"Sente meu amor e sonha".
[Heitor Vila-lobos]

Tanta coisa aqui na cabeça, no coração. Tanta!
Tenho muitas palavras guardadas cá comigo.
Mas, esses dias, nenhuma delas tem conseguido 'saltar' para fora, pro mundo.

Por aqui uma saudade que começa a (quase de tão grande) doer.
Por aqui, também, o coração tranquilo para receber a saudade do tamanho que ela for. Por que considero importante aceitar a natureza dos sentimentos  mais bonitos que podemos sentir pelas pessoas. Sobre isso, ainda vou escrever. Mas no tempo para isso, que pode ser daqui há dez minutos ou dentro de dez anos.

Mas tem cinco palavrinhas que pulsam, intensamente, dentro do meu coração:
Pai, te amo para sempre!

--
Dá um play no som do meu coração!


6 comentários:

Mônica. disse...

e o que fica é o sentimento.
sigamos [que na estrada também tem flores.]

Fabricante de Sonhos disse...

Saudade...
Um sentimento bonito e triste ao mesmo tempo...
É ela quem diz o quanto gostamos de alguém...
É a saudade que mostra a importância das coisas...

Parabéns pelo texto.
Aliás, parabéns pelo blog, que é ótimo!

Beijo meu...

Fabricante...

estácio. disse...

abraço.

Baraka disse...

Ê..saudade..

Aline Lima disse...

amados. meu abraço!

Dani disse...

olha só... que bonito é por aqui! acho que gostamos de várias coisas em comum! beijocas