Páginas

segunda-feira, 23 de março de 2009

"Roda mundo, roda gigante"


[imagem: deviantart]

Coração.
E uma sensação de espanto a que tenho ao perceber como as pessoas me comovem.
Sim, você me comove. Na sua história de vida a procura de felicidade. No seu "otimismo", que é a sua bandeira, quando os seus olhos estão fitando tudo assim, distante...

Você me comove. Sempre me comoveu.
Antes essa emoção tinha um quê de raiva, para disfarçar o sentimento quase maternal. Agora, o sentimento é de cuidado. De perceber como você, assim como toda a gente, é delicado. Eu te quero bem, em tudo.

Eu quero te ver por aí, de vida nova, com olhar diferente para as pessoas, para a vida e principalmente, para você e para os teus potênciais. Feliz. Sim, te quero feliz e saudável. Em paz. Na paz. Porque você merece essa experiência. Porque todos merecemos. 

E, eu te imploro: não desista disso. Não desiste de você, da sua vida. 
Você tem força, eu te ajudo. A gente vai assim caminhando juntos. Eu te ajudo e você me ajuda.
Certamente que nos ergueremos mais rápido.
E tudo isso, em breve, será passado.
Um passado, ao qual seremos gratos, por que nos fez melhores (em tudo).

E é por isso que a vida vale a pena.
Um dia saberemos disso.
Profundamente saberemos.

-------------
"Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração"
[chico bonito]

3 comentários:

Ana Valeska disse...

Oi Aline linda, quanta saudade!
vamos seguindo, porque tem que ser.
Bj no teu coração bonito.

Anônimo disse...

Grata pelo incentivo. E vamos que vamos!! Luana

Tainá Facó disse...

Aline linda sabe usar as palavras! Precisava "ouvir" isso. Obrigada.