Páginas

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Na dança da solidão.


[imagem: Renata do Magalska]

Hoje, não sei o que dizer...

Assim quietinha, pensando em tudo.

Olhando tudo. Só não estou olhando para trás.
Da vida só quero o que é bom.
Das memórias idem.
Quero o presente e o futuro.

Um futuro lindo de amor e paz.

Pra mim e pra ti.
Silêncio é um mergulhar para dentro.
Mergulhar inteiro, completo, todo
.
Profunda-mente, lá onde tudo está preservado até da luz.
Um lugar de silêncios, movimento e encontros.
Do silêncio vem a melodia.
A nossa, própria.
Silencie e escute.
Dance conforme a sua música!

4 comentários:

Mônica. disse...

É lindo o som do silêncio!

Ígor Andrade disse...

Dança louca, a minha!

Abraço!

Ana Valeska disse...

que lindo aline, ouvir o som do próprio silêncio, melodia única! Bj, bj!

Tainá :) disse...

Só fale se for para melhorar o silêncio! Adoro apreciá-lo!

Lindo isso! Amei!


Beijo carinho, vizinha ;*