Páginas

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Da gratidão.

Em lágrimas aqui, digitando os agradecimentos que constam na minha monografia... Sei lá, é um misto de alívio com saudade das grandes. Abaixo, minha gratidão em palavras. Foi o que soube escrever já que o sentimento que movera os meus dedos é tão enorme que nem mesmo o Himalaia consegue ser maior. Deixo aqui então, como uma singela homenagem à todas as pessoas fundamentais que sempre somam ao que sou. A música da minha vida (alegre) para vocês!!!



Meu sentimento é de profunda gratidão com a vida. Desejo que todas as pessoas do mundo reconheçam boas oportunidades e, mesmo se em algum momento sentirem medo, se agarrem a elas com todas as suas forças e se reinventem, como assim o fiz.

Um comentário:

Ana Valeska disse...

que bom Aline! fechando um ciclo. O que será que vai começar agora heim? que seja bem bom, porque você merece!