Páginas

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Espaços que ainda procuro.


Primeiro que aquariano já é todo maluco pelas emoções, e isso não é nenhuma novidade. Aí, como se não bastassem todos os sentimentos (naturalmente) revirados, os desejos, o instinto, o ascendente em escorpião e uma lua em peixes, surgem coisas de tudo o que é lado despertando interesse, o desejo de fazer, ser e pensar.

Nada confuso, é que esse blog (assim como os outros, deixados para trás), só falam de mim. Da forma às avessas, discreta, calada, como assim me reconheço. De um olhar tão próprio lançado pelo sem fim do mundo, por sobre (ou sob) os caminhates desse mundo.

Ainda tomando os remédios 'anti-monotonia', mas agora de uma forma mais tranqüila com meu ritmo. Não que eu brinque o "jogo do contente", nem que seja feliz 25h por dia, de forma alguma. A diferença é que sentir ficou diferente, mais paciênte, mais ciente que é preciso resolver as coisas e que isso é viver.

Pois então, isso tudo é para dizer que depois de um longo período cinza, as cores retornam para os olhos meus que buscam no horizonte (agora muito mais ampliado) espaços, lugares para acontecerem todas as coisas que tenho buscado. É uma sensação de arrebatamento pelo o que me tornei (narcisismos à parte, claro). Mais é importante me perceber um ser pensante, dono do nariz que há na cara e, insiste em se meter no 'aqui' que achar melhor.

É coisa de She-ha mesmo! Tipo 'eu tenho a força'. Me sinto bem, como há muito tempo não me sentia. Graças ao Deus, à todos que me amam, à todos os que amo, à mim. Sim, graças a mim que depois de provar das dores do mundo, me sinto renascida, forte e bela como um cavalo novo, como diria a Lispector.

Já bem escreveu Alícia Ruiz: A vida não tá certa nem errada, aguarda apenas a nossa decisão.

Desejo que você decida por ser feliz, do jeito que melhor lhe aprouver. Minha proposta é vivermos os arrebatamentos diários, como presentes sutis dos deuses.

Abraço demorado povo!!!

Nenhum comentário: