Páginas

sexta-feira, 27 de junho de 2008

Música para nossos ouvidos.

Trago comigo o pensamento que em praças públicas deveriam ter pianos, violinos, harpas e companhia tocando sem parar, até que o mundo inteiro, ao redor, parasse para uma breve [ou não] apreciação da música.
Acho que seria um momento especialmente bonito na vida de todas as pessoas... É tão bonito um momento em que a música apresenta a sua força de beleza e delicadeza. É preciso ter 'ouvidos de ouvidos' e um silêncio dentro de si.
O silêncio do mundo todo. O silêncio todo do mundo. A beleza nasce do tempo, da tranqüilidade da observação isenta de qualquer julgamento, preconceito ou pressa.
Na beleza nos encontramos com o que há de maior na Natureza.

Nenhum comentário: