Páginas

terça-feira, 22 de abril de 2008

É inverno.

Feriado bom esse.

Trabalhando sem parar, no domingo deu tempo de ir em Guará, para ver a família e respirar ar puro. Verde.
E a cidade tá molhada, branca sobre as árvores de verde intenso: é inverno.
As pessoas ficam recolhidas em seus lares, o que sugere um momento maior de convivência ou de silêncio. Raios e trovões e ventania, anunciam em alto e bom tom, a superioridade da Natureza.
E eu acho tudo tão bonito.

O jardim da minha avó tá lindo! Todo florido. Rosas enormes, felizes pela chuva, se abrem em reconhecimento pela dedicação das mães que as cultivam. As ruas também ganham um certo charme, com guarda-chuvas coloridos,e casacos e gorrinhos, aquecendo toda a gente.

A fumacinha que sai da boca alegra, antes de um gole e outro de chocolate quente. Na hora de dormir, a canção de ninar vem do céu. E a cama parece abraçar seu corpo inteiro, calorosamente.

E em Guaramiranga, nada parece me atingir. Nenhum problema chega até lá. E ali estão todas as coisas e pessoas que me fazem ser, verdadeiramente, grata pela a minha VIDA.

Amo!!!

Nenhum comentário: